Melhores formas de manter a saúde mental em dia

Melhores formas de manter a saúde mental em dia

É fato comprovado que nosso cérebro muda com a idade, e com ele também a função mental. No entanto, esse déficit cognitivo não é inevitável. Existem diversas maneiras de manter o cérebro saudável e funcionando bem mesmo com o passar dos anos. Isso pois, este é um órgão bastante flexível, que pode ser treinado, assim como outras partes do corpo, para ter seu desempenho elevado e evitar riscos de problemas futuros.

Uma das melhores formas de fazer isso é exercitando-o. As atividades para a mente são tão essenciais como as físicas, pois se configuram no melhor meio de se estimular o cérebro. Segundo a escola de medicina da universidade de Harvard, pesquisas revelaram que as atividades intelectuais estimulam novas conexões entre as células nervosas e podem até ajudar o cérebro a gerar novas, desenvolvendo uma “plasticidade” neurológica e construindo uma reserva funcional que proporciona uma cobertura contra a perda de células futuras.

E o que poderíamos considerar como sendo ginástica para o cérebro, responsáveis por colaborar com um preparo cognitivo em todas as fases da vida? Qualquer atividade capaz de estimular o desenvolvimento neuronal, ou seja, que exija um esforço mental. Nisso está incluído ler, estudar, fazer palavras-cruzadas, resolver enigmas ou problemas de matemática, frequentar algum curso e, inclusive, praticar atividades que, além do esforço mental, demandem destreza manual, como desenho, pintura, artesanato, costura dentre outras.

Fonte:Wikimedia

Ainda dentre essas práticas indicadas para a manutenção de tenacidade cerebral estão os jogos de raciocínio, que incluem uma gama de opções, como o popular sudoku, os quebra-cabeças, jogos da memória, caças-palavras, gamão, dominó, baralho, etc. Além deles, ainda há os esportes mentais, que por serem mais elaborados e exigirem um uso maior da função cognitiva, são um grande impulso na melhoria e manutenção da saúde mental.

Está provado que o xadrez, damas, poker, go e bridge ajudam a desenvolver o pensamento lógico, estimulam a capacidade de concentração, atenção e memória; e promovem a fluência do raciocínio e autoconsciência. Isso ocorre porque eles são essencialmente práticas que exigem certas estratégias e habilidades, em que é preciso aplicar táticas lógicas para vencer.

Apesar de primordiais para evitar a degradação neurológica, as atividades mentais devem ser combinadas com exercícios físicos regulares. Isso já é um fato conhecido da maioria, mas além dos benefícios que já sabemos, há ganhos expressivos para a mente. Falando em termos analíticos, quem pratica esse tipo de atividade frequentemente apresenta um aumento no número de vasos sanguíneos que levam sangue oxigenado para  a região do cérebro responsável pelo pensamento. O exercício também estimula o desenvolvimento de novas células nervosas e aumenta a quantidade de sinapses (as conexões entre células cerebrais). Ou seja, isso se traduz na prática em um cérebro mais eficiente, adaptável e com melhor desempenho.

alimentos

Outro ponto importante para se atentar quando o assunto é saúde mental é a dieta. Além de essencial para o bem-estar do nosso corpo, se alimentar direito é decisivo para o de nosso cérebro. Por isso é preciso manter uma rica em nutrientes, evitar certos alimentos e incluir ingredientes certos na cozinha, como aqueles com vitamina B (ácido fólico, B6 e B1),  que colaboram na diminuição dos níveis da substância homocisteína, ligada ao desenvolvimento de diversas condições indesejáveis. Sendo assim, abuse de cereais integrais, folhas verdes, brócolis, castanhas e outros grãos. Também reduza o consumo de gorduras saturadas, colesterol e gordura trans de óleos vegetais parcialmente hidrogenados; e mantenha o nível de calorias ingeridos sob controle.

Além disso, existem muitas outras coisas que ajudam a chegar na velhice com a cabeça em dia, como ter uma quantidade suficiente de horas de sono. Também é importante manter uma vida tranquila, com menos preocupações e dando menos atenção aos estresses do cotidiano, e ter sempre alguma companhia, conservando laços sociais, o que faz bem para a mente e ajuda a manter a pressão arterial controlada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...