Marcio Victor do psirico da beijo em fã

Márcio Victor, do Psirico sobre beijo de fã: “Estava bom e prolonguei”

mini-marcio-victor-psirico_4

Márcio Victor, vocalista do grupo Psirico, conversou sobre o beijão que recebeu de uma fã durante a apresentação no Salvador Fest, no domingo, 14. Com o RG na mão e uma nota de R$ 5, ela subiu no palco e agarrou o cantor.

“A menina driblou todo mundo, subiu no palco desesperada com o RG na mão para mostrar que era maior de idade porque eu já disse em entrevistas que não beijava menores e veio botando a língua. Eu não podia deixar quieto e botei a minha também. Vi que o beijo estava bom e prolonguei.”
Ele diz que os dois não chegaram a conversar. “Não peguei contato, foi só aquele momento no palco mesmo”. A atitude deixou a mulherada atiçada. “Cheguei hoje no Rio e, no aeroporto, uma moça me disse: ‘também quero um beijo daqueles’ (risos)”.

Márcio não se importa em fazer as fãs felizes dessa forma. “A menina sai de casa de manhã cedo, se arruma toda, vem de longe, nunca tem a oportunidade de nos ver e sonha em ter um contato a mais, dar um beijo no rosto. O público é o motivo de estarmos ali, então nós damos de verdade. Acho que a onda é beijar na boca, nem que seja um selinho”.

Solteiro, o cantor conta que nunca namorou fã. “Algumas já me chamaram a atenção, por me amarem de verdade. Elas me viram crescer e estão comigo até hoje. A maioria do meu fã-clube parece modelo”, elogia. Casamento não está nos planos por enquanto e ele explica o motivo.

“Quero pegar geral e namorar por um ano antes de casar. Ainda sou arrimo de família e primeiro quero criar uma base sólida para que meus filhos não passem pelo que eu passei. Sou filho de pai e mãe separados e para formar uma família vou querer viver cada dia com meu filho sem sentir falta nem fazer a mulher sofrer”, diz o cantor, criado na periferia baiana. “Meu sonho é ter projetos sociais, ONGs, dar oportunidade a quem vem de onde eu vim”.

Márcio vibrou com a apresentação de domingo em Salvador, divulgando a nova música do grupo, “Xenhenhem”. Lançamos no Fortal, no fim de julho, a confirmação do sucesso veio no Axé Brasil, no mês passado e em Salvador chorei muito de emoção quando vi 200 mil mãos para cima, as pessoas cantando junto e dizendo que já seria a música do carnaval. Muita gente achava que éramos banda de uma música só, estamos aí para provar que não”.

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...