Emoções que se Transformam em Doenças

Segundo Antônio Damásio existe basicamente três estágios de resposta emocional.

Confira a definição de cada estágio.

Doenças Emocionais

  1. Primeiro Estágio

Essas emoções são as mais primitivas, liberadas em situações especiais. Um bom exemplo é o medo, quando a pessoa chega ao ponto de urinar nas calças.

Essas reações são instantâneas e não são filtradas pelo senso crítico. Basicamente elas são reações imediatas.

Tais emoções costumam causar muito constrangimento e desconforto ao indivíduo.

No mundo selvagem essas reações servem para vencer outros animais pela posso da fêmea, escapar de predadores e caçar uma refeição.

Diante dessas reações é comum ouvir a pessoa dizer: _Eu não sei o que aconteceu comigo.

  1. Segundo Estágio

Neste tipo de reação há a chance da pessoa identificar a emoção que está sentindo, e deste modo pode se expressar de maneira adequada.

  1. Terceiro Estágio

Essas reações são as mais difíceis de serem atingidas, pois exigem um elevado grau de inteligência emocional.

Envolvem os dois estágios anteriores e consiste na capacidade de conter as reações primárias, identificar as emoções e transforma-las em uma única resposta.

Como Superar as Doenças Emocionais

É imensamente complicado percorrer a estrada da vida em linha reta. Por incontáveis vezes nos perdemos, chegamos atrasados e nos ferimos.

Um dos maiores impasses da vida talvez seja conciliar nossos planos com o tempo que temos.

O tempo por sua vez possui um senso de humor especial, quanto mais você tenta otimizar ou supera-lo… Menos tempo lhe resta.

Estar ciente de que de qualquer forma um dia teremos gasto todo o nosso tempo, sem sombra de dúvidas nos provoca medo.

Porém, use esse medo para se esquivar das armadilhas da vida.

Lembre-se que todas as nossas preocupações e frustações despencam perante a morte.

Assim como um soldado em plena guerra, em nenhuma circunstância se renda ao fracasso.

Mesmo ferido, exausto e agora… Um pouco mais envelhecido, retire de dentro de você aquilo que te faz prosseguir.

Todas as mudanças ao longo do caminho devem ser encaradas como um período que chegou ao fim, uma nova fase a ser vivida e novos caminhos a serem descobertos.

Use o que você trouxe na bagagem à seu favor, até os obstáculos estão diferentes nesta nova estrada.

Eles sabiam que você viria dessa vez com mais sabedoria, e com muita sede de beber no cálice dos vencedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...