A origem do samba: entenda como nasceu um dos batuques mais populares no Brasil

A origem do samba: entenda como nasceu um dos batuques mais populares no Brasil

O samba é um ritmo que diz muito sobre parte da nossa cultura e isso não é novidade. Mas entre todos os batuques e a dança que tanto agitam as festas e os carnavais, existe uma história muito rica e forte!

É por conta disso que a Fm Hits resolveu contar um pouquinho para você sobre a origem do samba, confira:

Foi misturando ritmos africanos e muita resistência que o samba surgiu na Bahia, séculos atrás, mas foi só no Rio de Janeiro, em que ele se tornou um gênero musical mais conhecido e aprimorado, com instrumentos de corda (como o cavaquinho) e de percussão (como o pandeiro).

 

Do preconceito à popularidade

E nem tudo foi fácil para o samba. Na década de 20 a 40 mais ou menos, o samba era desprezado pela sociedade por ser considerada música negra, então foi um gênero musical de muita luta para ter a popularidade que tem hoje.

Além de ajudar a enfrentar os preconceitos do samba, os artistas que foram aparecendo dentro desse gênero musical também foram reformulando o estilo e criando os seus próprios ritmos, que originaram os vários tipos de samba.

Tipos de samba

Os tipos de samba, na verdade, são vários e é aí que está a graça: entre o cavaquinho e o pandeiro, foi/ é possível criar o próprio modo de fazer samba, ou até mesmo criar novos subgêneros como a Bossa Nova e o samba-rock, que apesar de ter propostas musicais diferentes, se inspiraram diretamente no samba.

Mas entre os tipos de samba mais frequentes, podemos citar:

  • Samba de raiz

O samba de raiz, como o próprio nome já diz está atrelado diretamente com a origem do samba. Ele começa “devagarinho” e depois vai acelerando, e é um dos tipos de samba que mais fazem sucesso até hoje.

  • Partido alto

Antes dele veio o samba de breque – aquela paradinha que acontece no samba e todo mundo acha graça, mas o partido alto ficou muito popular nos morros cariocas entre as décadas de 30 e 70, aliás um dos grandes representantes desse estilo, atualmente é um artista consagrado do samba: Martinho da Vila.

  • Samba-canção

Esse o famoso estilo “estou na fossa”, dentro do samba.  Sabe aquelas músicas bem tristes, só que belas que a gente escuta do Cartola, Noel Rosa e muitos outros? Então, eles são alguns dos grandes nomes do samba-canção que surgiu dentro da boemia carioca, na mesma fase do partido-alto – década de 30.

  • Pagode

Já o tipo de samba mais popular atualmente foi muito influenciado pelo partido-alto e ficou popular na década 80, entre um dos grandes percursores do estilo está Zeca Pagodinho.

Só mais tarde, nos anos 90, que esse tipo de samba passou a mudar bastante, quando surgiram os grupos que passaram a cantar músicas românticas, com ritmo lento.

 

Fonte foto: Olá Bahia

One Comments

  1. I was really confused, and this answered all my qusetions.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...